Notícias

Seleção Olímpica

Seleção Olímpica

Seleção Olímpica – Há alguma mudança prática na nova convocação dos 18 nomes para o Time Olímpico

Lembremos que nas convocações e proposta de Jogo no período em que o Técnico Dunga tinha o comando total da Seleção Olímpica, existia uma influência prática e conceitual em todos os treinos, convocações e modelo de jogo praticado, direcionado para o comando de Dunga que após a Copa América Centenário assumiria  a equipe que era treinada por Rogerio Micale (treinador assistente), que tinha como função principal desenvolver todo o processo pré-olímpico, mantinha convívio direto dos jogadores olímpicos nas viagens, concentrações, treinos e jogos, vivia o dia a dia com os jogadores, os problemas, dúvidas e questionamentos dos atletas e imprensa, estava voltado especificamente para este trabalho sabendo que Dunga seria o Treinador no Torneio Olímpico.

No último amistoso da Seleção Olímpica sob seu comando, Micale se despediu dos atletas emocionadamente, pensando que seria seu último contato como Treinador desta equipe… ledo engano, “O Futebol Brasileiro é uma verdadeira caixa de surpresas”.

Micale será o Treinador efetivo no Torneio Olímpico, nada mais correto dentro de um verdadeiro processo de Trabalho, infelizmente Dunga não teve uma participação prática durante a preparação inicial desta equipe, poderia determinar os atletas a serem convocados e o modelo de jogo a ser implantado, porém, não existia uma relação prática de trabalho, a qual sim, certa ou errada é o Rogerio Micale quem vivenciou e participou durante todo o processo pré-olímpico.

Agora é Micale quem dará as diretrizes e o modelo de jogo a ser apresentado aos ansiosos torcedores Brasileiros, num momento difícil do nosso futebol, que conta com uma geração de talentos tecnicamente excelentes, más que será cobrada muito, por causa de todos os acontecimentos sofridos desde a Copa do Mundo no Brasil, Copa América do Chile (2015) e Copa América Centenário e Eliminatórias 2018.

Qual é a intervenção do Tite neste novo processo, será apenas um Conselheiro de Rogerio Micale, terá influencia no sistema de jogo desenvolvido na Olimpíada ou houve já alguma participação nesta convocação?

Observe como há uma gigantesca mudança na convocação do nosso Goleiro titular, Fernando Prass, o qual nunca foi convocado para a Seleção Principal, porém em excelente fase, tem todos os atributos como Líder, sua experiência será vital para este jovem grupo e sua condição técnica no momento inquestionável. Já seu substituto o jovem Uilson não tem todos estes requisitos.

Quem seria o responsável pela sua convocação?

Os Laterais e Atacantes muito bem convocados em minha opinião, com a convocação de Douglas Costa usamos as três vagas para os jogadores acima de 23 anos que podem ser utilizados (Prass, Neymar e Douglas Costa) com isto abrimos mão de fortalecer a zaga ou o meio de campo. Pontos que podem determinar o insucesso desta corrida pelo Ouro Olímpico, Eu teria optado por Lucas Lima que no meu pensamento daria um ritmo e versatilidade de jogo incrível ao meio de campo e passes em profundidade precisos aos atacantes, (gosto muito do Douglas Costa, mas usar duas vagas acima de 23 anos no mesmo setor, desequilibrou o meio ).

Desejo ao Rafinha Alcântara e Felipe Anderson um excelente Torneio Olímpico, Eles serão responsáveis pela criação de Jogo da equipe, acredito que o nosso Treinador Rogerio Micale usara uma formação de 1.4.3.3 – usando o Thiago Maia centralizado a frente da zaga os dois meias encarregados da criação do jogo para um ataque que contará com Neymar, Douglas Costa e Gabriel (Gabigol) com Gabriel Jesus como alternativa.

Espírito Olímpico total para esta seleção, seu foco e concentração também, a preparação foi feita toda por  Rogerio Micale que verdadeiramente a comandará, porém, com um  grande apoio, experiência e sensibilidade do Treinador da Seleção Principal, Tite.

Prof. Nogueira Jr.

Share this: