Notícias

40 jogos para se despedir – A vida difícil dos treinadores de futebol

40 jogos para se despedir – A vida difícil dos treinadores de futebol

A edição número 297 do Post semanal do Observatório de Futebol do CIES analisa o emprego de treinadores nas 84 principais divisões do mundo entre janeiro de 2015 e dezembro de 2019. Durante esse período, o número médio de treinadores por clube responsável por comandar no mínimo três partidas da liga nacional passa de 9,1 na Bolívia para 2,6 na Suécia. Em média, um treinador administrou 40,6 jogos.

O ranking do clube inclui apenas equipes que sempre estiveram na primeira divisão durante o período considerado. O maior valor foi registrado para o Club Real Potosí. A equipe boliviana contratou 20 treinadores diferentes para pelo menos três partidas da liga nacional entre 2015 e 2019. Em média, eles foram responsáveis por 11,3 jogos. Apenas 30 clubes dos 766 levados em consideração empregaram um único treinador durante o período de cinco anos estudado. Todas as atuais equipes da liga das 5 maiores tinham pelo menos dois treinadores durante esse período.

A mudança continua de Treinadores nos “grandes ou talvez melhores times Brasileiros”, É na verdade um Demérito ao Futebol Brasileiro.

O primeiro Clube Brasileiro a ser nomeado na lista da CIES:
São Paulo F. C. na 14ª posição, que trocou de treinador 12 vezes desde 2015. O atual técnico é Fernando Diniz, que substituiu Cuca.
Flamengo, na 35ª colocação no ranking. O clube trocou 11 vezes de Treinador nos últimos cinco anos. Jorge Jesus é o atual comandante do clube.
Atlético-MG, na 101ª posição do ranking, com nove trocas de treinador. O atual técnico é o argentino Jorge Sampaoli.
Fluminense, na 160ª posição no ranking, com oito trocas de técnico desde 2015. Treinador atual é Odair Hellmann.
Atlético Paranaense, na 161ª posição, também com oito trocas de técnico. Treinador atual é Dorival Junior.
Palmeiras está na 216ª posição no ranking, com sete trocas de treinador desde 2015. Treinador atual é Vanderlei Luxemburgo.
Santos F.C., também na 216ª posição no ranking com nove trocas de treinador desde 2015. Treinador atual é o português Jesualdo Ferreira.
Corinthians, na 219ª posição do ranking, trocou de treinador sete vezes, atual treinador é Tiago Nunes.
Grêmio F.P., está na 649ª colocação, do ranking, com somente três trocas de treinador desde 2015. Renato Gaúcho é o atual treinador do Tricolor.

Este ranking inverso de Filosofia e Gerenciamento Mundial indica o atual nível desportivo dos Clubes Brasileiros, mostra a fragilidade e incapacidade de se formatar planos a médio e longo prazo para Conquista de títulos, objetivos Continentais e reconhecimento mundial dos Clubes do Futebol Brasileiro.

Fonte: https://football-observatory.com/IMG/sites/b5wp/2019/wp297/en/